quinta-feira, 26 de dezembro de 2013

Retrospectiva Literária 2013!

ooi gente!

Como o fim do ano se aproxima resolvi fazer uma retrospectiva literária com todos os livros que li este ano.  Minha meta este ano era ler 100 livros,  fui muito tola em pensar que conseguiria porque, aliás, são muitos livros.
Meu ano reuniu muitos livros bons, novos conhecimentos, novos sonhos e novos mundos. Esta foi a primeira vez que anoto a quantidade de livros lidos, penso que só tomei esta decisão este ano porque agora que estou lendo com mais afinco que antes.
Vi esta retrospectiva no blog Caixa Preta.
Espero que gostem.



Livros que li em 2013

1. O Jardim de Ossos – Tess Gerritsen
2. A Menina que Roubava Livros – Marcus Zusak
3. Bellissima – Nora Roberts
4. O Despertar – L. J. Smith
5. O Confronto – L. J. Smith
6. Um Amor Para Recordar – Nicholas Sparks
7. Água Para Elefantes – Sara Gruen
8. Querido Diário Otário – Jim Benton
9. Cinquenta Tons de Cinza – E. L. James
10. Os Homens que não Amavam as Mulheres – Stieg Larsson
11. A Menina que Brincava com Fogo – Stieg Larsson
12. A Rainha do Castelo de Ar – Stieg Larsson
13. A Pirâmide Vermelha – Rick Riordan
14. Os 13 Porquês – Jay Asher
15. Dezesseis Luas – Margareth Stohl e Kami Garcia
16. O Beijo das Sombras – Richelle Mead
17. O Melhor de Mim – Nicholas Sparks
18. A Primeira Vista – Nicholas Sparks
19. Como Treinar o seu Dragão – Cressida Cowell
20. A Escolha – Nicholas Sparks
21. A Seleção – Kiera Cass
22. A Breve Segunda Vida de Bree Tanner – Stephenie Meyer
23. Aura Negra – Richelle Mead
24. Tocada Pelas Sombras – Richelle Mead
25. Jogos vorazes – Suzanne Collins
26. Cidade dos Ossos - Cassandra Clare


As respostas das perguntas são baseadas somente nos livros que li este ano.

● O casal literário mais fofo:
Landon e Jamie – Um Amor Para Recordar
Um dos meus casais favoritos dos livros e cinema. Podem não ser o casal mais fofo de todos os tempos, mas foi o que mais me cativou neste ano.



Menção horrorosa: Christian Grey e Anastasia Steele – Cinquenta Tons de Cinza. 
Argh! Dispensa comentários.

● Virei a noite lendo:
A Seleção - Kiera Cass
Este é de longe o melhor livro que li. Adorei a história, a escrita da autora, os personagens, o desenrolar dos fatos, simplesmente tudo. Mas, após terminar de ler Jogos Vorazes senti que as duas histórias se parecem.

Aquele em que chorei de soluçar:
Bem este ano não li nenhum livro que me emocionasse tanto, a ponto de eu soluçar mas, em muitos eu chorei como em O Melhor de Mim e A Primeira Vista de Nicholas Sparks.
Já li vários comentários sobre o livro A Culpa é das Estrelas que já me convenci que chorarei horrores quando finalmente lê-lo.
A maior decepção do ano:
Cinquenta tons de cinza – E. L. James
Nem sei o que escrever aqui, só não gostei nem um pouco do livro. Me julguem por isso.
Para quem ainda não leu, assista este video do Felipe Neto e você irá entender meu desgosto por este livro.


Não levava fé, e me surpreendi:
O Beijo das Sombras – Richelle Mead
Este livro foi a minha melhor descoberta. Sempre que ia a biblioteca da minha cidade via este livro na prateleira e não sentia vontade nenhuma de lê-lo, a sinopse não me atraia. Até que um dia resolvi dar uma chance e não me arrependo nem um pouco, foi difícil até  larga-lo, porque é muito bom mesmo, me arrependo somente de não te-lo lido antes.
O que não supriu as expectativas:
Cidade dos Ossos – Cassandra Clare
O livro é bom, mas coloquei tanta expectativa nele e não me surpreendi tanto assim. Além disso, fiquei meio perdida no inicio da história e demorei um pouco até pegar o fio da meada e entender tudo. Isso em si já me irritou um pouco.
● O mais chato:
Cinquenta Tons de Cinza  E. L. James
Ok. Se eu não gostei é porque certamente foi chato.
● O mais esperado:
Jogos Vorazes – Suzanne Collins
Bem, para não repetir A Seleção coloquei Jogos Vorazes, porque este foi o outro livro que mais esperei para ler, era muita expectativa e me surpreendi bastante, vale muito a pena ler.


Bate bola de personagens 

Personagem masculino apaixonante: Maxon Schreave, A Seleção. 
Personagem feminina apaixonante: Jamie Sullivan, Um Amor Para Recordar.
Personagem mais chato: Anastasia Steele, Cinquenta Tons de Cinza.
Personagem mais perturbador: Christian Grey, Cinquenta Tons de Cinza.
Personagem que mais me identifiquei: America Singer, A Seleção.


haha ♥

2 comentários:

  1. Bem, não tem muitos bons livros aí, né?

    Além das modinhas literárias, a única coisa que salva é Jogos Vorazes. Recomendo que você leia as continuações, Em Chamas e A Esperança. São ótimos.

    ResponderExcluir