quarta-feira, 13 de novembro de 2013

O Desinteresse me Atrapalha [...]

ooi gente!

Primeiramente tenho que dizer que moro em uma pequena cidade do interior de Goias, que você provavelmente nunca ouviu falar. Estudo em um colégio público, e pelos motivos de ser uma cidade pequena e uma instituição pública, não recebemos muitas oportunidades de viajar ou fazer algo diferente. 

Vivo numa rotina entendiante.

Mas, eis que finalmente algo realmente bom aconteceu e meu colégio ofereceu aos alunos a oportunidade de viajar e conhecer a cidade de São Paulo!
Porém tem sempre que existir um empecilho e para podermos ir, devemos escrever e apresentar um trabalho sobre a capital, e bem, o empecilho não é este.

O único problema  é a falta de interesse dos alunos da minha classe. Somos exatamente ONZE pessoas e somente QUATRO se interessaram em ir. Sabem o quanto me sinto ridícula escrevendo isso, faz parecer que todas as pessoas com quem estudo são desinteressadas, fica ruim para mim e para meu futuro.
Além de deixar nós que realmente queremos e ir, tristes. 

Faz querer desistir na verdade.

O ruim de se viver onde vivo é que as pessoas não pensam em sair e tentar algo melhor em outro lugar, se contentam com o pouco que tem mesmo sabendo que podem conseguir uma melhoria. 

Frustração é o sentimento que sinto quando percebo que muitos de meus familiares desejam essa mesma vida para mim, a mesma vida que tiveram, que seus pais e seus avós também viveram.

Muitos riem quando digo que não pretendo fincar raízes aqui, e o próprio desinteresse deles em relação a uma vida melhor para mim me atrapalha e quase sou vencida pela insistência deles em dizer que não irei conseguir. 

Ainda bem que aprendi a ignorar comentários que não iram me fortalecer em nada. 

E devo dizer que ainda irei surpreender todos eles, e espero assim mostrar as pessoas que podemos sim conseguir algo melhor na vida, mesmo morando em uma cidade pequena e estudando em um colégio publico.

O desinteresse das pessoas me atrapalha, mas também me fortalece.

Nenhum comentário:

Postar um comentário