segunda-feira, 18 de novembro de 2013

A primeira vez é única [...]

Sempre ouço as pessoas dizerem que a primeira vez nunca se esquece, mas ouvir que a primeira vez é única é meio raro, na verdade, nunca ouvi nada assim.
O primeiro dia no colégio, o primeiro beijo, o primeiro namorado, a primeira transa, a primeira perda. Aquelas primeiras experiências que jamais serão iguais, não importa quantas vezes você possa repeti-las.
Nossas experiências serão sempre diferenciadas uma das outras, porque o mundo está em constante mudança, nós estamos em constante mudança. Nada será exatamente igual, pode ser parecido e talvez possa ser algo novo, dependendo de nossa personalidade amadurecida e do que estamos dispostos a ver e sentir.

Erros também são únicos, especificamente suas consequências. As pessoas podem continuar cometendo o mesmo erro diariamente, mas suas consequências variam de intensidade, porque nossos erros na maioria das vezes afetam pessoas ao nosso redor, normalmente são quem amamos.
E são esses erros únicos que desencadeiam outros milhares de erros, como uma bola de neve. 
Percebe-se então que dar a atenção necessária para essas experiências e esses erros é o que pode nos distanciar de uma vida de arrependimentos, porque esses meros detalhes nos transformam, nos mudam e mudam nossas vidas.
Eles fazem toda diferença, para você mesmo e para que está a sua volta.



Não consigo parar de ouvir essa música ><

Nenhum comentário:

Postar um comentário